domingo, 21 de junho de 2009

FLORES DA CUNHA DE CORPO INTEIRO

Termino sob encantamento a leitura do livro FLORES DA CUNHA DE CORPO INTEIRO do Jornalista gaúcho Lauro Chirmer - Editora RBS publicações, sobre a vida do Caudilho, Governador, Deputado Federal, advogado e bom vivant José Antônio Flores da Cunha. Porque gosto de política e pelo trabalho de pesquisa histórica, além de redação primorosa, fui envolvido nuna dessas leituras sem intervalo.

Ao ver o caos administrativo dos dias de hoje, vale aqui registrar: "Em sete anos como governador, sem criar ou aumentar impostos, abriu o Estado ao desenvolvimento. Implantou as secretarias de Educação, da Saúde e da Agricultura, o Instituto de Previdência do Estado, a Universidade do Rio Grande do Sul e a Frota Rio-Grandense, com navios frigoríficos para exportar a carne gaúcha. O aumento das linhas ferroviárias, o asfaltamento de rodovias e a construção de escolas também tiveram a sua marca."

NASCE A CHURRASCARIA

O Jornalista Lauro Schirmer nos dá uma informação interessantíssima: "O aparecimento das casas de carnes assadas com o nome de churrascaria foi mais um fruto da Exposição Farroupilha de 1935, promovida pelo general Flores da Cunha. Nossos vizinhos platinos tinham suas casas de parrilladas, especializadas em parrila dos argentinos e uruguaios, mas no Rio Grande do Sul, só em 1935, no Campo da Redenção transformado em parque do grande evento, é que veio a surgir o primeiro restaurante de carnes assadas, chamado de churrascaria, para servir o churrasco dos gaúchos."

Após o grande evento, informa Schirmer, os mesmos irmãos Caetano (e sua mulher Congeta) e Orlando Aita, que cuidaram do Restaurante da Exposição Farroupilha, abriram com sucesso a pioneira Santo Antonio, na Rua Doutor Timóteo, que continua funcionando até hoje.
O que dizer das centenas de milhares de Churrascarias pelo Brasil e mundo afora!

Nenhum comentário:

Postar um comentário