segunda-feira, 1 de junho de 2009

NINGUÉM VAI CHORAR POR VOCE!

Hoje o Poder Judiciário escreveu mais uma página triste contra os direitos a saúde da população de Mato Grosso do Sul. Foi denegada a liminar no Mandado de Segurança que pedia apenas uma coisa: Que o Tribunal de Justiça determinasse o cumprimento da Sentença que revogou a antecipação da tutela e determinou a imediata devolução do Hospital Santa Casa a sua Associação Filantrópica mantenedora. Apenas a efetividade do julgado.

É impressionante como se decide em nome de hipotéticos direitos da população, mas sem nenhuma base fática na realidade, porquanto são esses mesmos direitos que estão sendo aviltados pelo Poder Público em nossa Cidade e Estado.

Fala-se em garantir ao Poder Público o uso de um bem privado - O Hospital Santa Casa, para que continue a atender a população - quando é o Poder Público quem deixa do lado de fora centenas, milhares de cidadãos que nao estão tendo mais acesso ao Hospital. Ou que os mata dentro do Hospital pela falta de condições básicas de manutenção dos seus equipamentos e total descaso em relação aos indispensáveis investimentos financeiros. Resultado: a degradação da dignidade humana, como registrou o Juiz de primeiro grau na sua Sentença que no mérito julgou pela ilegalidade da continuidade da intervenção.

Faz-me lembrar os versos do compositor "Garoto" na musicalidade de Chico Buarque de Holanda e Vinicius de Moraes: "Tem certos dias em que penso em minha gente, e sinto assim uma vontade de chorar...."

Nenhum comentário:

Postar um comentário