sábado, 6 de junho de 2009

RESPOSTA AO VEREADOR PAULO PEDRA

No dia de hoje o Vereador Paulo Pedra declarou para a imprensa: 1) Que não há necessidade de CPI para apurar a desastrosa adminitração municipal na Santa Casa; 2) Que a Santa Casa é da Cidade e não da Associação Beneficente; 3) Que a Devolução da Santa Casa é uma luta minha movida por vaidade; 4) Que a Santa Casa vai ficar um "show de bola" com as reformas que o Município vai realizar, e cita o prédio anexo ao Hospital como realização do Prefeito Nelsinho Trad.

Resposta: 1) Há sim necessidade de se apurar o acréscimo da dívida da Santa Casa de R$ 53 milhões para mais de R$ 70 milhões em quatro anos e meio de gestão do Município. Igualmente é preciso investigar como o custo leito por dia triplicou se a prefeitura cortou em 50% o atendimento a população.

2) A Santa Casa é mesmo da Cidade. Somente que a Cidade tem uma Associação Beneficente que a construiu e administra desde o ano 1.917. Isto chama-se legalidade. Direito. Para quem nao lutou pela redemocratização do Brasil e pela conquista do Estado Democrático de Direito, não sabe o valor que possui uma Instituição da Sociedade Civil.

3) Defendo sim uma Instituição da Sociedade Civil que está sendo violentada em seu direito constitucional e legal, por pessoas sem o mínimo de formação cívica. Se o Vereador apoia este ato ilegal, assim declarado por Sentença Judicial, é conivente com a ilegalidade e não honra o seu mandato popular. As pessoas que votaram no Vereador estão morrendo na porta ou dentro da Santa Casa, o que é uma vergonha e um crime. Neste caso, como fica a sua vaidade?

4) O "Show de Bola" para a recuperação da Santa Casa foi anunciado há quatro anos. Quem não fez em quatro anos não tem mais credibilidade para anunciar qualquer compromisso. A população não aceita mais embromação e tem o direito de ter o seu Hospital funcionando plenamente. Assim também os profissionais de saúde que ali trabalham. Se o Vereador não sabe não devia anunciar obra que foi projeto e viabilização de recursos da Associação Beneficente de Campo Grande e não do Município interventor.

Chega de mentiras. Quem afundou a Santa Casa foi o Poder Público que sempre pagou a menos o valor das despesas que a Santa Casa tem para atender os pacientes do SUS. O Município tem sido mero repassador de verbas Federais. É a Associação Beneficente de Campo Grande quem ajuda o Município a prestar saúde a população e não o contrário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário