quinta-feira, 16 de julho de 2009

É COMO SE FOSSE JULHO DE 2014

Estamos em julho de 2009 mas é como se fosse julho de 2014. Ninguem mais se lembra da campanha pela sub-sede da Copa do Mundo. Ninguem fala de uma planejamento estratégico para fomentar o nosso combalido futebol. O Campeonato Estadual continua a fazer raiva ao torcedor. A primeira partida da final nem pode terminar em razão de brigas entre jogadores. O Campo de jogo do Naviraiense sabe Deus o porquê foi liberado. Pessoa que esteve presente ao jogo informa que até os banheiros são precariamente improvisados. A segurança praticamente inexiste e nem a ambulância possui desfibrilador para o caso de uma emergência com Jogadores. Enquanto isto em Campo Grande é um absurdo a despesa para se colocar um time em campo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário