quarta-feira, 1 de julho de 2009

ESTAMOS NOS LIXANDO OU ESTAMOS RALADOS?

Tenho lido sobre manifestações de parlamentares, assim mesmo, com letras minúsculas miudinhas, sobre a população estar se lixando para o que fazem os políticos. Acho mesmo que há muita falta de informação para o povo em geral. A pessoa acorda às 5 da manhã para preparar a marmita, saí as 6 de casa e 7 horas já está no batente. Ganha o suficiente para comer e para pagar as prestações da casa, do mobiliário e até das roupas que veste. Então ele está mesmo é ralado e não que se lixe para as estripulias de alguns políticos.

Falta formação e informação para o Brasileiro do povo. E a maioria dos políticos que estão aí cabalando voto a troco de cestas básicas e outros afagos não vao querer nunca que o salário mínimo seja nominalmente o mesmo que nos países de gente civilizada: nominalmente R$ 900 a R$ 1.000 reais por mês e pagos semanalmente. Aí sim, quando chegar esse dia, vamos ter gente comprando jornais, computador e lendo noticias. Para isto, está na hora de gente de boa índole se filiar a algum partido e disputar eleições.

Aliás, está na hora de desconstruir esse sistema partidário, esses partidos que mais parecem banca de jogo do bicho e de construir partidos verdadeiros, cujos membros estejam conectados com as causas da sociedade. Somente a Democracia que renova valores será capaz de perenizar ideais e instituições que bem representem os legítimos interesses da população.

Como afirmou o ex-Presidente Charles De Gaule, da França: "A paz continuará a ser precária enquanto 2 bilhões de homens continuarem mergulhados na miséria, diante de seus bem nutridos irmãos. Nada é mais importante do que organizar - acima das diversas políticas -, a cooperação daqueles a quem nada falta a ajudarem aos que nada possuem."

O resultado dessas condutas indevidas de grande parte dos políticos, que só fazem política para levar vantagem, é o que leva a vivermos nessa insegurança pública, com medo da violência que de fato mata, da falta de assistência a saúde que também perturba a paz. Precisamos reverter esse quadro anacrônico para permitir a construção de uma sociedade com qualidade de vida, com desenvolvimento individual e coletivo. Esses políticos corruptos? Um dia ainda iremos, de fato, nos lixar para eles.

Um comentário:

  1. E para começar esse movimento de mudança, precisamos de homens de bem que se disponham a organizar os esforços.

    Esta é, sim, uma provocação. Não é possível continuar vendo nossos direitos, reconquistados à custa de sangue e suor de tantos, serem solapados por aprendizes de ditador, por essa gente que se arvora em defensor da legalidade mas que simplesmente ignora a essência do trabalho em prol da coletividade.

    Continue a luta!

    ResponderExcluir