segunda-feira, 20 de julho de 2009

NOSSA POBRE AMÉRICA LATINA

América Latina é designação dada a nossa região quando o Imperador Napoleão IV invadiu o México para ali instalar os interesses franceses. Com a separação das Colônias Britânicas que criaram os Estados Unidos da América do Norte, a França queria também um modelo de comunidade que abrangesse os países de língua latina, onde haveria Nações livres e independentes, todavia, compartilhando de uma comunidade comum latino-americana.

O Projeto não vingou. Os franceses tiveram de se contentar com parte do atual Canadá e a Guiana. O continente americano (centro e sul) se despadaçou em inúmeros países atendendo aos interesses dos chefetes locais e então em guerra permanente com a colonizadora Espanha.

Não vingou sequer o sonho Bolivariano de criar uma grande comunidade de nações na América do Sul baseada em princípios democráticos. Em desabafo antes de morrer de tuberculose em um simples casebre na cidade de Santa Marta, na Colômbia, Símon Bolivar, depois de libertar diversos países do jugo Espanhol, mas não conseguindo a compreensão dos novos Líderes desses mesmos países, vendo derrocar o seu sonho, afirmou que a melhor coisa que existia na região era a pesperspectiva de se emigrar para a Europa.

Como se vê o sonho Bolivariano não é o mesmo do Comandante Chavez, que quer impor sua política imperialista aos países da região, inclusive Honduras, que se encontra lá a meio caminho da América do Norte. E persistem as guerrilhas intestinas e os projetos de ditaduras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário