quinta-feira, 9 de julho de 2009

NOVAMENTE PERDENDO PARA CUIABÁ

É necessário uma reflexão séria sobre as perdas de Mato Grosso do Sul para o Estado de Mato Grosso. Pior do que perder a sub-séde da Copa 2014, é a notícia de hoje na imprensa, dando conta de que o frigorífico FRIBOI demite 200 empregados em Campo Grande e transfere suas operações para o Mato Grosso.

Não é a primeira vez que perdemos empreendimentos industriais para o vizinho Estado. A nossa economia (sul) que era 2/3 da mato-grossense em 1979, motivando, inclusive, a divisão e criação do novo Estado, hoje nao chega a 1/3. Ou seja, inverteu-se o ciclo da economia e vemos crescer o antigo Estado em rebanho, em agricultura, em industria, comércio e serviços ultrapassando em muito Mato Grosso do Sul.

Infelizmente, falta um planejamento estratégico para o nosso Estado. E não venham me dizer que é por causa do nome. A proposta de mudança de nome apenas esconde a incompetência de quem não consegue contribuir eficazmente para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário