quinta-feira, 23 de julho de 2009

POPULISMO E POPULARIDADE

O Presidente Lula pratica o populismo com muita competência. Custa caro ao país, é verdade, os programas sociais que mantém esse alto índice de aceitação. Por isto mesmo, uma avaliação fria dos fatos põe-nos o seguinte dilema: programas sociais que não tem alcance de transformação da realidade das pessoas não tem projeção no futuro. Falta no prato de comida doado ao povo um ingrediente chamado dignidade. Dignidade que seria o trabalho. Trabalho com o qual a pessoa poderia em algum tempo adquirir sua autonomia, ser sujeito de sua própria história e não um dependente passivo do Estado.

Por isto mesmo sou dos que não acredita em transferência desse prestígio todo de que goza o Presidente da República atualmente para eleger um eventual candidato sem raízes na sociedade e sem passado político como é o caso proposto da Ministra Dilma Roussef. De igual modo, vejo dificuldades imensas para o Presidente emplacar uma candidatura alienígema como a de Ciro Gomes para o Governo de São Paulo.

Penso, logo existo ou como diria o autor René Descartes no original: Cogito, ergum sun.

Nenhum comentário:

Postar um comentário