segunda-feira, 20 de julho de 2009

PRIVATIZAR A GESTÃO HOSPITALAR

A Administração Municipal de Campo Grande e seus apoiadores estão mesmo na contra-mão da história ao impor a intervenção no Hospital Santa Casa. A Revista Veja ao comemorar seus 40 anos de existência, elenca 40 PROPOSTAS QUE O BRASIL NÃO PODE ESQUECER.

A proposta de n. 26 trata da Privatização da Gestão Hospitalar: "Hospitais administrados pelo estado são menos eficientes e tratam pior seus pacientes. No estado de São Paulo, a taxa de mortalidade em hospitais geridos diretamente pelo governo é de 5,3 em cada 1.000 pacientes e o custo de cada internação é de 400 reais por dia. Em 25 Hospitais terceirizados no mesmo estado, a taxa de mortalidade cai para 3,3 por 1.000 pacientes e o gasto por internção, para 360 reais. Essas e outras estatísticas a favor da privatização da gestão da saúde são absolutamente convincentes." (Veja edição 2219 - ano 42 - n. 26 - 1/07/2009).

Nenhum comentário:

Postar um comentário