quarta-feira, 19 de agosto de 2009

AS MENTIRAS QUE ELAS CONTAM

Para quem ja militou na área criminal e acompanhou de perto depoimentos de réus em ações penais bem pode aquilitar que Dilma e Lina não falam toda a verdade. É inegável, já agora depois dos esclarecimentos da ex-Secretária da Receita Federal que a Ministra Dilma Rouseff não diz a verdade quando alega não ter havido o encontro no Palácio do Planalto, entre ambas, para tratar do assunto ligado a familia Sarney. Mas é certo também que a ex-Secretária Lina esconde parte da verdade sobre a extensão do que se conversou nesse encontro.

Para qualquer inteligência mediana é possivel compreender que ninguem vai a um encontro agendado diretamente pela Chefe de Gabinete da Ministra, em missão pessoal junto ao Gabinete da Secretária da Receita, para depois, no encontro principal apenas se olharem, apertarem as mãos e transmitir/receber um recadinho curto, quase telepático, para agilizar a investigação do filho do Sarney. ora, se fosse assim tão simples, por quê o recado não foi transmitido pela Chefe de Gabinete?

Uma não diz a verdade para não comprometer os acertos de Governo. O Governo tinha interesse em ter na presidência do Senado alguém que poderia manipular pelo enorme "rabo de palha" que possui. E os assuntos de família não poderiam atraplhar a sua eleição. A outra não diz a verdade porque se trata de uma "Funcionária de Estado" e não quer e não pode revelar tudo o que foi conversado, sob pena de comprometer sua carreira e abrir uma cratera entre si e o Governo do qual fez parte recentemente.

É o meu entendimento sobre o assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário