domingo, 9 de agosto de 2009

EU AMO A MINHA CIDADE, DE VERDADE!

Eu amo Campo Grande desde a primeira vista. Foi chegar e mudar o ponteiro do relógio para acertar o passo com a minha cidade, escolhida para aqui viver e construir minha família, minha vida profissional e social.
Quando cheguei, Campo Grande tinha pouco mais de 200 mil habitantes. Hoje quase chega aos 800 mil. Acompanhei as administrações municipais. Quase todas de boa qualidade. É que não podia ser diferente até porque a Cidade foi planejada desde o início, certamente por gente de visão futurista, a quem presto homenagens, desde este nosso tempo ao longícuo passado.
Lembro-me de que o Escritor Monteiro Lobato quando por aqui passou, lá pela década de 40, quando procurava indícios de petróleo para sustentar a sua campanha nacional de autonomia dessa importante fonte de energia (e foi se ater a Fazenda dos Costa Marques em pleno Pantanal Mato-Grossense), recepcionado no Campo de Pouso local teve a oportunidade de dar uma volta pela cidade a qual descreveu em suas memórias de viagem como uma Nova São Paulo em pleno Centro-Oeste.
O que me deixa chateado com os nossos administradores, especialmente os atuais é a falta de visão de presente e de futuro. A Cidade continua bonita, impressionando os visitantes, oferecendo sob diversos aspectos, qualidade de vida à quem por aqui mora, no entanto falta a entrada na modernidade. Tudo continua no improviso. Falta-nos uma Biblioteca de verdade, um Teatro dotado de recursos técnicos capaz de suprir a deficiencia cultural e de termos de ir a mais de um mil quilômetros (São Paulo ou Curitiba) para assistir uma boa peça ou a um show. Falta-nos um Estádio de Futebol onde possamos levar a família para assitir a uma partida e que bom se puder ser de times locais.
Fazer avenidas e ruas ou asfaltá-las é bom mas não é o suficiente. Queremos ter o direito de ir e vir, mas queremos exercer o direito de ficar em algum lugar culturalmente atrativo, que não seja somente um Shopping Center ou a Feira Central.

Nenhum comentário:

Postar um comentário