quarta-feira, 19 de agosto de 2009

PRÉ-SAL E A MANIPULAÇÃO POLÍTICA

Lembre-se de que os Brasileiros somente ouviram falar na tal Jazida de Petróleo encontrada na Camada pré-sal, no fundo do Ocenao Atlântico desde Sao Paulo até Santa Catarina, aí pelo mês de agosto de 2.008. Foi quando sem querer, querendo, o Presidente da ANP, em entrevista a imprensa fez menção ao fato e mereceu virulenta reprimenda de parte do Palácio do Planalto.

Ocorre que tenho em mãos uma carta do dileto amigo Léo de Almeida Neves, ex-Deputado Federal da época do velho PTB e Diretor do Banco do Brasil, carta esta de 15 de janeiro de 2008, encaminhando-me um artigo que escreveu para a Gazeta do Povo de Curitiba/PR de 09.1.2008, sob o título Nova campanha do "petróleo é nosso", onde iniciava com a seguinte informação: "O achado da Petrobrás em 2007 do campo de Tupi, na camada pré-sal, com reservas estimadas de 8 a 18 bilhões de barris de petróleo, gerou nova perspectiva de futuro promissor ao Brasil..."

A reflexão que faço é sobre como somos manipulados pelo Governo. A informação técnica já era existente desde 2007, mas não fosse a indiscrição do Presidente da ANP, quem sabe nem haveria a crise Sarney e por este tempo é que estaria sendo divulgada a informação. Sim, porque este tipo de informação, além do valor econômico, de marketing, detém um valor político indiscutível. Assim como as crises políticas sempre tem a sua oportunidade para eclodir. Engana-se quem pensa que ocorre assim, por geração espontânea.

Nenhum comentário:

Postar um comentário