quarta-feira, 5 de agosto de 2009

STANISLAW PONTE PRETA

Poucos se lembram do escritor carioca que fez sucesso até o início da década de 80 quando morreu com o pseudômino de Stanislaw Ponte Preta. Crítico ferino do cotidiano brasileiro e de sua classe política. Sobreviveu aos anos de chumbo sem perder a verve.
Hoje lembrei-me do Stanislaw Ponte Preta ao ouvir parte do discurso do Sarney e saber da decisão do "Conselho de Ética" decidindo pelo arquivamento das representações contra o Presidente do Senado. Lembrei-me da frase cunhada por ele: "Ou restaura-se a moralidade ou nos locupletemos todos!"
Ainda acho que devemos restaurar a moralidade, lá, aqui e em todos os lugares, que ninguem mais aguenta ouvir falar de podridão na atividade pública em todos os poderes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário