domingo, 13 de setembro de 2009

FRASES DE "BOLEIROS"

Zapeando a internet encontrei essas frases "inteligentes" de Jogadores de Futebol:
David Beckham: "Definitivamente, quero que meu filho Brooklyn seja cristianizado. Só não sei, todavia, por qual religião".
Ronaldo: "Perdemos porque não ganhamos".
Diego Maradona: "Não estou contra os homossexuais. Me parece bom que existam, porque dessa maneira deixam as mulheres livres para nós que somos machos de verdade".
George Best: "Em 1969, deixei as mulheres e a bebida, mas foram os piores 20 minutos de minha vida".
George Best: "Há alguns anos, disse que me deixassem escolher entre marcar um golaço no Liverpool ou me encontrar com uma Miss Universo, e que seria uma difícil eleição. Afortunadamente, tive a oportunidade de fazer ambas as coisas".
Thierry Henry: "Às vezes, no futebol, é preciso marcar gols".
Johan Cruyff: "Meus atacantes só devem correr 15 metros, a não ser que sejam estúpidos ou estejam dormindo".
Jorge Valdano, ex-treinador do Real Madrid: "Um rival sem interesse em atacar? É como fazer amor com uma árvore".
Alan Hansen, ex-capitão do Liverpool: "Nunca disputei as bolas aéreas no Liverpool. Se sabe que cada vez que cabeceia a bola se perde 50% dos neurônios? Assim, mandava Mark Lawreson cabecear. Sempre convém delegar. É prerrogativa dos capitães".
John Toshack, ex-treinador do Real Madrid: "Nas segundas, sempre penso em trocar dez jogadores, às terças sete ou oito, às quintas quatro, às sextas dois. E no sábado penso que têm que jogar os mesmos "cabrones".
Alfredo Di Stéfano: "A bola é de couro, o couro vem da vaca, a vaca come pasto, assim há que jogar bola sobre o pasto"
Paul Gascoigne: "Tive 14 cartões nessa temporada. Oito deles foram culpa minha, mas sete podem ser discutidos".
Romário: "Se não saio pela noite, não marco gols".
Ade Akinbiyi, jogador do Houston: "Estava vendo ao vivo a partida do Blackburn pela televisão. Quando vi que George Nadh havia marcado no primeiro minuto, minha reação foi correr ao telefone para ligar a ele. Logo me dei conta de que não poderia atender porque estava jogando".

Nenhum comentário:

Postar um comentário