domingo, 4 de outubro de 2009

OS CARAS DE PAUS E A SANTA CASA

Cheguei ao caixa do supermercado e no momento de pagar a conta a moça me perguntou educadamente: o senhor gostaria de deixar o troco para a Santa Casa? Eu respondi que não e justifiquei: primeiro porque os atuais administradores da Santa Casa são o Poder Público Municipal e Estadual e eles já recebem os nossos impostos para cumprir a finalidade da intervenção que fizeram. Em segundo lugar porque eles estão fazendo uma péssima administração e voce, que está cumprindo esse dever que lhe atribuiram de arrecadar mais dinheiro ainda como se fosse para a Santa Casa, se cair doente, neste momento, não vai ser atendida lá porque a Prefeitura vai te enviar para um Posto 24 horas e se você não morrer antes, poderá ter a sorte de ainda chegar com vida na Santa Casa. Mas ainda assim correrá um grande risco de morrer la dentro pela falta de condições de trabalho a que os médicos estão submetidos e pela falta de tudo que um hospital digno desse nome necessita. Também, se voce quiser agendar uma cirurgia, não poderá, porque eles não estão agendando cirurgias. Se voce precisar de um transplante, também não será atendida porque paralisaram todos os transplantes há quase um ano. Se voce tiver um bebê e precisar de uma UTI também não será atendida, porque eles fecharam todas as UTIS. E ela me disse com toda a sinceridade: é, eu já tinha ouvido falar isto mesmo!
Então, eu só posso dizer que esses caras que estão lá são mesmo "caras de paus". Desde que houve uma intervenção pública o Hospital passou a ter administração pública e eles não poderiam pedir dinheiro como se fosse uma Entidade Filantrópica. Eles tem verba pública e cobram impostos da população para fazer o serviço. Estão queimando, não sei como mais de 8 milhões de reais por mês para praticar esse crime hediondo contra a população de Campo Grande e do Estado. E fica tudo como está porque não tem quem fiscalize.

Nenhum comentário:

Postar um comentário