terça-feira, 17 de novembro de 2009

SANTA CASA HOJE

Diretoria e Associados foram surpreendidos com um convite dos membros da Junta Administrativa para uma reunião de aproximação. A reunião aconteceu em clima amigável de ambas as partes. A intervenção no maior Hospital de Mato Grosso do Sul está exaurida e o Poder Público não tem como continuar a administrar, como bem demonstra o estado precários das edificações e dos equipamentos, além das notícias tornadas públicas ,da falta de pagamento para compras até de medicamentos. Sem novos investimentos, o que está fora de cogitação do Poder Público, a cidadania padece com as restrições impostas nos atos médicos de média e alta complexidade.

A ABCG, durante a reunião, manifestou disposição em participar de uma transição compartilhada, desde que assuma a direção legal do Hospital, o que é indispensável para a tomada de decisões inadiáveis ao soerguimento da Instituição, especialmente de busca de financiamentos. Os Representantes do Poder Público participarão de um Conselho Técnico, com poder de deliberração conjunta, que acompanhará a nova Gestão.

O Poder público em cinco anos mais que dobrou a dívida da Santa Casa e o sucateamento do Hospital é visível. No entanto, a Instituição existe para prestar serviços de saúde à população, e em especial, àquela faixa mais carente. Para isto é necessária a continuidade da parceria entre ABCG e Poderes Públicos do município e Estado. Aliás como sempre se deu, desde os primórdios da criação da Santa Casa e já se vão quase 90 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário