segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

MENSALÃO. PRIMEIRO CONDENADO!

A Folha de São Paulo de 19/12/2009, informa sobre a primeira condenação de um dos integrantes do mensalão do Governo Lula. Mensalão que se apurado no momento poderia ter custado o cargo a Lula. Foi-se o tempo, mas a condenação veio, tardia. E como diz o adágio popular: Antes tardo do que nunca!

"Protagonista do primeiro escândalo de corrupção do governo Lula, em 2004, o ex-assessor da Presidência da República Waldomiro Diniz foi condenado pela Justiça Federal por improbidade administrativa, que condenou Waldomiro a pagar multa de cerca de R$ 50 mil, mais R$ 5.000 de custas de advocacia, por considerar que ele se valeu "de importante posição pública para patrocinar interesses escusos e particulares" ao negociar a renovação de contrato da Caixa Econômica Federal com a empresa Gtech para prestar serviços de loteria.

A condenação ocorre quase seis anos após a divulgação de vídeo em que Waldomiro pede propina ao empresário de jogos Carlos Augusto Ramos, conhecido como Carlinhos Cachoeira. No vídeo, gravado em 2002 por Cachoeira, mas só divulgado em 2004, Waldomiro pedia ao empresário propina e dinheiro para campanhas do PT e do PSB. Em troca, o então presidente da Loterj prometia ajudar Cachoeira numa licitação.

Pela denúncia, Waldomiro tentou condicionar a renovação com a CEF à contratação de Rogério Buratti (assessor de Palocci), como consultor da Gtech por "valor superior a R$ 10 milhões". Buratti terá de pagar R$ 3.000 de honorários advocatícios, mas não foi acusado de improbidade."

Nenhum comentário:

Postar um comentário