terça-feira, 1 de dezembro de 2009

O DIA DEPOIS DE AMANHA

O belissimo filme (The day after day) sobre o meio ambiente que evoca a possibilidade de um congelamento da região do emisfério norte parece ter algum significado. Embora a natureza não seja assim tão imprevidente, é certo que cataclismas podem acontecer. O que deixa os ambientalistas perplexos, penso, é a questão do aquecimento global que, tantas comentado, cede lugar a temperaturas baixas e chuvas torrenciais.
Agora mesmo no Rio Grande do Sul, chove como há cem anos não chovia e as águas inundam cidades, casas no campo e plantações. Os meteorologistas informam que o Rio Grande do Sul é o lugar do planeta onde atualmente mais chove. É quase um dilúvio. Falta a arca de noé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário