domingo, 6 de dezembro de 2009

URUGUAI TEM NOVO PRESIDENTE

Os ventos brasileiros sopram sobre a américa do sul. Tal qual no Brasil, aqueles que se envolveram na luta armada contra os regimes ditatoriais, ou já estão no poder, ou aspiram chegar la.
No Uruguai, um ex-guerrilheiro tupamaro, José Mujica, que há exatamente 40 anos defendia a luta armada para a conquista do poder e a implantação de um regime marxista, transformou-se nos últimos anos naquilo que ele próprio costuma definir de “vegetariano” ideológico, isto é, um pragmático que – embora mantendo certo verniz de utopia socialista – afirma que pretende atrair os capitais estrangeiros, manter o sigilo bancário, fazer acordos comerciais com os Estados Unidos e a China.

Mas, acima de tudo, Mujica sustenta que manterá a política econômica do presidente Vázquez.

De quebra, na reta final de campanha – além de ressaltar o respeito à propriedade privada e o equilíbrio fiscal - emitiu vários sinais de distância ideológica e de estilos com o presidentes Hugo Chávez da Venezuela e o boliviano Evo Morales e indicou similitudes com o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário