sábado, 2 de janeiro de 2010

2010 COMEÇA COM TRAGÉDIAS

Gostaria que fosse diferente. No entanto, num país de pouca educação, governantes e governados não sabem distinguir o certo do errado ou preferem mesmo o errado e as tragédias se sucedem.
Tragédias sociais, tragédias humanas, tragédias materiais. As encostas da Serra do Mar deslisam com a chuva e o peso do lixo acumulado ou das construções inadequadas e matam pessoas. As estradas são tomadas por toneladas de pedras por terem sido construídas de forma inadequada. Bairros e Cidades são tomadas pelas águas porque foram construídos sem respeito ao ambiente e milhões de reais são desperdiçados. As pessoas são contaminadas pela epidemia da dengue nas cidades, porque não tratam adequadamente o destino do lixo que produz e as autoridades somente demonstram autoridade em momementos inadequados e outros tantos morrem ou passam dias hospitalizados.
Assim caminha esse país. O que mata não são as chuvas, encostas que deslisam ou a dengue. O que mata o brasileiro é a falta de educação verdadeira, de qualidade. O resto é pobreza, é angústia e tristeza, depois da tragédia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário