quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

DEMOCRACIA INTERNA NO PMDB

Não reconheço mais a figura tão importante como foi um Michel Temer. Constitucionalista, democrata de priscas eras, aliar-se a um projeto de vice e acabar com a Democracia interna do PMDB, o Partido do Brasil!
Essa compulsão para vice não se explica. Primeiro quis ser vice da Erundina na Prefeitura de São Paulo. Agora quer ser vice da Dilma. Enquanto isto, pilotando o maior partido do Brasil não consegue construir um projeto de Liderança para o PMDB.
Agora, como a tendência da quase totalidade dos Diretórios Estaduais e Municipais é no sentido de candidatura própria, articularam uma antecipação da convenção nacional, de 30 de março para 06 de fevereiro. Para que? Para se manter na presidencia e tentar garantir a vice.
Em futebolês seria como o sujeito brigar para ir para a selação, na condição de "reserva".
Esperamos que lideranças com descortínio maior de visão partidária e democrática tome a frente. Estamos prontos para seguir em frente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário