sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

DISCURSO ANUAL DO PRESIDENTE DOS EUA.

O ex-Blog do César Maia, destaca hoje trechos do discurso do Presidente Barack Obama perante o Congresso dos EUA. Vale a pena transcrever:

"O ESTADO DA NAÇÃO" - DISCURSO ANUAL DO PRESIDENTE DOS EUA NO CONGRESSO NA NOITE DE 27/01/2010!

Trechos destacados que deveriam ser lidos pelos lideres políticos brasileiros, especialmente Lula e os candidatos a Presidente.

1. "Repito: nós cortamos impostos. Nós cortamos impostos para 95% das famílias trabalhadoras. Cortamos os impostos para as pequenas empresas. Cortamos os impostos para quem comprou sua primeira casa. Cortamos os impostos para os pais que tentam cuidar de seus filhos. Cortamos os impostos para 8 milhões de americanos para pagar a faculdade. Como
resultado, milhões de americanos tiveram mais dinheiro para gastar com combustível, alimentos e outras necessidades, tudo isso ajudando as empresas a manter mais trabalhadores. E não aumentamos impostos sobre a renda em um único centavo para nenhuma pessoa. Nem um centavo."

2. "O que é frustrante para o povo americano é uma 'Washington', onde todo dia é dia de eleição, não podemos estar sempre em campanha, com o único propósito de ver quem pode obter mais manchetes constrangedoras sobre seu rival, a crença de que, se você perder, eu saio ganhando."

3. "Washington pode pensar que dizer algo do outro grupo, por mais falso que seja, faz parte do jogo. Mas esse tipo de politicagem é precisamente o que fez com que os partidos tenham deixado de ajudar aos cidadãos. Pior ainda, está semeando mais divisões entre nossos cidadãos e mais desconfiança no governo."

4. "Cada vez que os lobistas manipulam o sistema, os políticos se destroem em vez de ajudar a levantar o país, perdemos a fé. Quantas mais vezes os "especialistas" das tertúlias de televisão reduzem os debates sérios a discussões estúpidas e as grandes questões a frases de efeito, mais se afastam nossos cidadãos. Não admira que haja tanto cinismo. Não admira que haja tanta decepção."

Nenhum comentário:

Postar um comentário