sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

HAITI. COMO AJUDAR?

Assistindo pela TV a gravidade dos acontecimentos no Haiti, lembrei-me que quando presidia a Comissão de Relações Internacionais da OAB/MS, após o Tsunami, e tendo os advogados de Campo Grande contribuído com a importância equivalente a US$ 5 mil, propusemos ao Rotary Clube uma parceria por intermédio da Fundação Rotária Internacional e enviamos o dinheiro para prover de leite os alunos de cinco escolas de ensino fundamental daquele país, na localidade atingida pelo tsunami. A Fundação Rotária Internacional, nestes casos, dobra o valor da contribuição. Faço o registro para sugerir um esforço dos amigos, novamente, para ajudarmos os atingidos pelo terremoto que destruiu Porto Príncipe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário