terça-feira, 12 de janeiro de 2010

SANTA CASA: O ABUSO DOS INTERVENTORES

É um verdadeiro acinte contra uma Instituição de Filantropia o que estão fazendo com o patrimônio da Santa Casa. A intevenção que realizado com o compromisso público de saldar as dívidas e recolocar o Hospital em condições de atender a população, passou a ser administrado de forma a que os prejuízos fossem se acumulando passando hoje a dívida dos R$ 100 milhões de reais.
Sem colocar dinheiro público, descumprindo o que fora compromissado. Sem pagar fornecedores que esperam há mais cinco anos e muitos outros que forneceram durante o período de intervenção, vem agora os novos membros da Junta Interventora realizar um empréstimo de R$ 14 milhões junto a Caixa Econômica Federal o que irá endividar ainda mais a Instituição.
A Caixa Econômica foi previamente informada das decisões judiciais que reconheceram a ilegalidade da intervenção. Foi notificada de que não podia fazer o empréstimo. Fez o empréstimo por sua conta e risco. Precisou o novo Juiz da Vara de Direitos Difusos determinar a proibição desse empréstimo por meio de quem não detém legitimidade para tanto.
O Poder Judiciário precisa dar um basta em tamanha falta de seriedade com o patrimônio público (da Caixa) e particular (da ABCG) e determinar o cumprimento de suas decisões e determinar a devolução imediata do patrimônio da Associação Beneficente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário