terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

ENQUANTO LULA APÓIA CUBA, MORRE LÁ UM PRISIONEIRO DE CONSCIÊNCIA

O Jornal El País de hoje (24/02/2010), informa que "O prisioneiro de consciência Orlando Zapata Tamayo morreu ontem em Havana, depois de passar 85 dias em greve de fome, confirmaram fontes da dissidência, que acusou o governo de permitir deliberadamente sua morte. "É uma tragédia terrível, a morte de Orlando era perfeitamente evitável. Pode ser considerada um homicídio em roupas judicial", disse ele na noite passada Elizardo Sánchez, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Reconciliação Nacional."
Enquanto isto ocorre em Cuba, Lula e o seu Partido confirmam apoio incondicional de caráter político e econômico ao regime comunista.
É por esta e outras que o PMDB não pode continuar aliado do PT na construção de uma ditadura comunista no Brasil.

Um comentário:

  1. Olá Esacheu, com que alivio e felicidade pude ler que um peemedebista militante se opõe a essa absurda un~ião entre PT e PMDB. Nada mais contraditório e vexatório que esse apoio a um governo que além de todas as incongruências e história ainda tem como candidata a "trucülenta"Sra Dilma.
    Parabéns!
    Ivana Matpgrosso Pereira

    ResponderExcluir