quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

POBREZA DIMINUI EM TODA A AMÉRICA LATINA

O Governo brasileiro vende a idéia de que somente o Brasil é um mar-de-rosas e de que seus programas sociais são os melhores. No etanto, o Brasil no contexto de América Latina está na rabeira da inclusão social. Veja o Ex-Blog do César Maia: POBREZA, INDIGÊNCIA, DESIGUALDADE E CARGA TRIBUTÁRIA: BRASIL E AMÉRICA LATINA!

(Quadros do estudo Evasion e Equidade em America Latina, de Juan Jiménez, Juan Carlos Sabaini e Andrea Podestá)

1. A redução das taxas de pobreza e de indigência foi geral na América Latina entre 1990 e 2008 e não só no Brasil: América Latina 1990: Taxa de Pobreza: 25,8%. Taxa de Indigência: 22,5% - Total: 48,3%. / América Latina: 2008: Taxa de Pobreza: 20,1%. Taxa de Indigência: 12,9% - Total: 33%.

2. Índice de Gini (desigualdade) - (2007): OCDE: 0,31 \ EUA 0,38 \ América Latina: 0,53 \ Brasil: 0,58, em último lugar.

3. Carga Tributária sobre o PIB (2007/2008): Brasil: 35,1% \ Argentina: 29,9% \ Uruguai: 23,2% \ Chile: 21,1%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário