quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

TRIBUNAL DE JUSTIÇA SUSPENDE EMPRÉSTIMO SUSPEITO

O empréstimo de mais de R$ 14 milhões feito pela Junta Interventora da Santa Casa junto a CEF está suspenso por decisão do Desembargador Fernando Mauro Marinho, que entendeu ser temerária a situação jurídica da intervenção, em razão de duas decisões judiciais que reconhece a sua ilegalidade. A decisão deu-se em Agravo de Instrumento contra a decisão do Juiz substituto no processo, Nélio Stábile, que ilegalmente revogou decisão do Juiz Titular Dr. Amauri Kuklinski, durante suas férias. Fato já relatado ao CNJ.
Como se sabe, os interventores já usaram parte substancial do dinheiro, antes mesmo de ser credidato na conta da ABCG/Santa Casa. Sacaram sem fundos contra a conta corrente. Uma conduta inominável.
A ABCG vai requerer ao Juiz da Vara de Direitos Difusos a exata prestação de contas do que estão fazendo com o dinheiro emprestado em seu nome.

Nenhum comentário:

Postar um comentário