segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

A VONTADE DO DITADOR HUGO CHAVEZ

O Jornal El País (Espanha) de hoje, registra a conduta autocrática do Presidente Hugo Chavez, ao comentar sua decisão de mandar desapropriar prédios do centro da cidade de Caracas:

Citando o jornal El Universal disse, o presidente abriu o programa na Plaza de Bolívar, onde foi saudado por um grupo de apoiadores chamados de "tutores do Libertador", com quem ele lembrou aspectos da história do lugar, enquanto caminhavam lentamente com ele.

Em determinado momento ele comentou que era uma das casas em que tinham vivido, ainda jovem, Simón Bolívar, um herói e libertador do povo venezuelano, o que deu ensejo ao presidente a perguntar o que estava em uso hoje. Quando o prefeito de Caracas, Jorge Rodriguez, disse-lhe que era ocupada por várias empresas privadas, disse Chávez em marcha: "Exprópie-se!".

Ele então perguntou por mais dois ou três edifícios da praça, e receber a mesma resposta, ele repetiu: "Exprópie-se".

"Não é possível que estes edifícios, com tanta história, por isso o legado de nossos pais fundadores, são ocupadas por comerciantes. Isto é para todos os venezuelanos, é um centro histórico que temos de resgatar", disse ele, sem especificar que projeto irá desenvolver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário