terça-feira, 9 de março de 2010

DEPUTADO ELISEU PADILHA

Recebi a notícia abaixo, de parte da Doutora Elisiane Silva, Gerente Nacional da Fundação Ulysses Guimarães, informando da eleição do Deputado Federal (Ministro) Eliseu Padilha para a presidência da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados. Registro o fato e presto as homenagens ao amigo peemedebista e Presidente da Fundação Ulysses Guimarães Nacional.

Até então consagrado por conhecer como poucos os humores da Câmara dos Deputados, prevendo com exatidão os escores de votações importantes, o deputado federal Eliseu Padilha mostrou esta semana mais uma performance: pela primeira vez nos últimos 40 anos, foi o primeiro deputado a vencer uma disputa pela presidência da poderosa CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara, derrotando o candidato indicado pela liderança, o seu colega Mendes Ribeiro Filho, que tinha apoio também do PT, o partido do governo.

Os antecedentes na CCJ ocorreram em 1978, quando Antonio Mariz resolveu enfrentar seu colega Djalma Marinho, indicado pela liderança do MDB, e foi derrotado. O escore apontou 32 votos para Marinho e apenas um para Mariz. O segundo caso registrado nos últimos 40 anos aconteceu em 1992: Ulysses Guimarães a presentou-se como candidato avulso, enfrentando seu colega José Luiz Clerot, da Paraíba, indicado pela liderança. Ulysses amargou uma derrota acachapante: 39 votos a 2. O terceiro caso aconteceu esta semana, e Padilha quebrou uma tradição de candidatos avulsos serem derrotados: venceu por 33 votos a 26. É o novo presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. (Nota publicada no jornal O sul, na coluna de Flávio Pereira, do dia 6 de março de 2010)

Nenhum comentário:

Postar um comentário