domingo, 14 de março de 2010

DIREITOS HUMANOS

Recolho este texto de "Migalhas Jurídicas":

O criminalista José Carlos Dias assina artigo hoje na Folha de S.Paulo. São as suas "palavras ao Lula". Recordando episódios em que estiveram na mesma trincheira, contra a ditadura, o festejado causídico relembra dos dias em que foram, ambos, presos. E o faz para criticar S. Exa. ao cometer o "desplante de comparar os presos políticos de Cuba aos criminosos comuns" : "Se queremos apresentar ao mundo o rosto de um país que preserva a democracia, não podemos ser tolerantes nem lenientes com a violação de direitos humanos, trocando afagos com os dirigentes de um país que adota a tortura ao mesmo tempo em que é enterrado um opositor do regime, morto de inanição como derradeira forma de protesto".

Nenhum comentário:

Postar um comentário