quarta-feira, 17 de março de 2010

EM ISRAEL

O Presidente Lula deixou de reconhecer fatos históricos que aproximam Brasil e Israel. Por exemplo, que foi o brasileiro Oswaldo Aranha, que ao Presidir a Assembléia Geral da ONU, bateu o martelo que reconheceu a criação do Estado de Israel.

Esqueceu o Presidente, que por dez anos, até 1967, 3.000 brasileiros da Força de Paz das Nações Unidas, estacionados na Faixa de Gaza, mantiveram a paz entre Egito e Israel. Mas, como o mundo começa com Lula...

Nenhum comentário:

Postar um comentário