domingo, 16 de maio de 2010

SENADOR LÚDIO COELHO E DONA NILDA

Tenho tido o prazer da vizinhança com o ex-Senador Lúdio Coelho e Dona Nilda ao longo destes 09 ultimos anos. É, de fato uma relação que devia ser prática comum entre as pessoas de nossa Cidade.

O Senador já jubilado de suas atividades políticas, nem por isto se ausenta de saber das coisas e de avaliar o quadro político da Cidade, do Estado e do País. E pode acreditar que ele pondera e apresenta opiniões abalisadas sobre fatos e Pessoas.

Hoje mesmo discutimos sobre o silêncio em relação ao quadro político local. As pessoas estão quietas porque estão avaliando o processo político. O resultado é uma incógnita, afirma.

Sobre o empobrecimento da representação parlamentar ele indica como causa a extrema ampliação das atividades do Poder Executivo que legisla e governa e as vezes até tem influencia sobre o Poder Judiciário, deixando pouca margem para iniciativas parlamentares. "Ou voce é amigo do Rei ou faz o enfrentamento direto, mas tem poucas pessoas com disposição para enfrentar quem está no Poder, resume."

Dona Nilda, por sua vez, também tem visão clara sobre a política e sobre a área social. Depois de deixar a direção de duas creches que durante mais de 30 anos atendia diariamente mais de 300 crianças da Capital e, com recursos próprios, fez doação dos bens à Entidades religiosas e se mantém como apoiadora. Dela não se houve uma palavra de vanglória sobre o importante resultado desse trabalho social.

Na verdade, são várias gerações que deixaram de ficar nas ruas quando seus pais estavam trabalhando e a precariedade da situação familiar não permitiria a permanência em suas casas. Enquanto isto, o Lar do Ludinho e a Creche Nossa Senhora Aparecida os recebiam e davam o conforto que certamente os amparou e os encaminhou na vida adolescente e adulta. Além do mais, foram apoiadas as professoras em seus cursos de especialização assim como as organizações religiosas que trabalharam no atendimento direto às crianças.

Neste mês das mães, penso que a grande homenagem da Cidade de Campo Grande deve ser direcionado para Dona Nilda Coelho.

2 comentários:

  1. Muito merecida esta homenagem à Sra. Nilda coelho, eu a conheci há alguns anos qdo trabalhava como Relacões Públicas no Solarium Spa Hotel aqui em S. P. Gostaria muito de entrar em contato com ela. Meu nome é Lígia Maria Porto. Aguardo contato, Obrigada, Lígia.

    ResponderExcluir
  2. Preciso me redimir. Sempre pensei, e até escrevi, que Lúdio Coelho foi um rico-pobre, pela ausência do social em sua trajetória política. Diante do fato aqui registrado de que o casal dava apoio às crianças, começo então a refletir melhor sobre a conduta de "seo" Lúdio, que no Senado exerceu um mandato pífio, segundo alguns observadores.

    ResponderExcluir