quinta-feira, 10 de junho de 2010

SERRA PARA MS E O QUE MS QUER DE SERRA

Foi bom o discurso de Serra ao se encontrar com as Lideranças Políticas do PMDB e demais partidos que gravitam em torno do PMDB, inclusive, o seu PSDB.
Serra tocou em questões importantes como o compromisso de duplicar a BR 163, em Ferrovia ligando MS ao Porto de Paranaguá, em Aeroporto Internacional e em investimentos em Escolas Técnicas de Ensino Médio e em promover o fortalecimento da economia do Estado, além de defender as nossas fronteiras.
Somos, todavia, um Estado diferenciado. Fronteira seca com dois importantes países, culturalmente ligados ao Brasil, o Paraguay e a Bolívia, aqui vivem mais de 15 mil famílias e seus descendentes paraguaios e bolivianos. Não se pode falar em desenvolvimento sem incluir a promoção de ações conjuntas. Isto porque, quanto mais crescer MS/Brasil, mais intensamente será a migração e também o comércio ilícito vindo dos dois pobres países. Desenvolvimento hoje precisa ser pensado e executado pensando integralmente a América do Sul.
Concordo com investimentos em rodovias e em ferrovias, no entanto, é também preciso pensar na potencialidade de nossa hidrovia do Rio Paraguai, em que pese as necessárias preocupações de ordem ambiental. No entanto, é esse importante rio uma artéria de escoamento de nossa produção, eficiente para tornar nossa produção competitiva em nível internacional.
O Aeroporto que se pretende construir em Campo Grande exige melhor estudo e melhor planejamento. Podemos sim ter um Aeroporto Industrial e não o arremedo de Aeroporto ampliado que se pensa em construir hoje ao lado do Aeroporto Antonio João.
Estou pronto para a discussão. Disponham.

Nenhum comentário:

Postar um comentário