domingo, 8 de agosto de 2010

SÃO GABRIEL E ENERGIA DESPEDIÇADA

Fato que me deixa intrigado é a negativa da ENERSUL - Companhia Energética de Mato Grosso do Sul em aproveitar a energia elétrica produzida por um biodigestor instalado no assentamento rural de São Gabriel do Oeste e produzindo atualmente 200 metros cúbicos de gás.
Esse gás poderia ser utilizado para produzir energia elétrica, todavia, a Associação produtora não chegou a convencer a ENERSUL a compra-la. Com isto, está ocorrendo a queima pura e simples de 160 metros cúbicos de gás diariamente. Algo deve ser feito pelas autoridades porque o Brasil e Mato Grosso do Sul não pode se dar ao luxo de uma perda de matéria prima dessa ordem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário