quinta-feira, 30 de setembro de 2010

CONDUTA DE FRAUDE ELEITORAL

Hoje pela manhã caminhei pela cidade e deparei-me com um ato anti-ético e ilegal. Determinado candidato utiliza-se de uma empresa do Primo (sempre os parentes) e mandou colocar, ostensivamente, oseu nome em out-doors espalhados pelos quatro cantos da cidade.

O serviço de fiscalização do TRE já foi comunicado mas até agora não viu irregularidade. É assim com fraudes e conivencias que a nossa política deixa a desejar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário