quarta-feira, 3 de novembro de 2010

SUPERÁVIT DE 22 BILHÕES DE DÓLARES EM 2005 VIROU DÉFICIT DE 25,8 BILHÕES EM 2010!

Do ex-Blog do Cesar Maia:

Carta IEDI n. 438 - Sem Paralelo na História Econômica Brasileira Recente: Encerrados os nove meses iniciais do ano, o saldo comercial brasileiro dos bens tipicamente fabricados pela indústria de transformação experimentou déficit de US$ 25,8 bilhões, acompanhado por exportações de US$ 89,7 bilhões. Para esse acumulado do ano, o melhor saldo havia sido alcançado em 2005, quando o Brasil registrou superávit de US$ 22,4 bilhões, em um movimento de melhora na balança que ocorria desde 2002, quando voltara a ser superavitária após setes anos. A partir de 2006, o superávit foi se deteriorando até que, em janeiro-setembro de 2008, o resultado dos bens da indústria de transformação voltou a ser negativo. Em 2009, o déficit para o grupo de bens em pauta atingiu US$ 4,8 bilhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário