terça-feira, 15 de novembro de 2011

Dia 15 de Novembro - Proclamação da República

Hoje comemoramos (quem?) o dia da Proclamação da República. Devia ser coisa importante para impor mais um feriado nacional. No entanto, vejo que apenas a suspensão do trabalho ou o feriado em si importa aos Brasileiros. A maioria esmagadora da juventude nem está ligada no que seja a proclamação da República.




Acabo de ler o livro de Luiz Felipe D´Avila -- Os Virtuosos, os Estadistas que Fundaram a República Brasileira (Editora A Girafa). A leitura nos remete a um tempo de homens preparados intelectualmente e civicamente para os altos encargos de dirigir a nação brasileira. Registra os primeiros anos da República, seus problemas com os dois primeiros governos militares e a afirmação do novo regime, a partir da presidência civil de Prudente de Morais, homem comprometido com a constitucionalidade e que impôs o respeito às leis e a ordem democrática.




Confesso que sou Parlamentarista por formação jurídica e política. Mais de cem anos de presidencialismo e estamos sempre às voltas com crises e comportamentos de presidentes que maculam o bom nome do Brasil. Penso que mesmo neste momento de pobreza intelectual, moral e cívica, seja necessário pensar a separação entre a chefia de Estado e a chefia de Governo. Para que os valores Republicanos possam se consolidar. Para que princípios como da eficiencia e do mérito possam ter lugar e eficácia no desenvolvimento de uma sociedade verdadeiramente livre, justa e próspera para todos os brasileiros e não somente para a elite econônimca e política que viceja com o suor do trabalho alheio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário