quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Oito Estados concentravam quase 80% do PIB nacional em 2009


Fonte: IBGE

Oito estados ainda concentravam 78,1% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional em 2009. O dado foi divulgado nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da pesquisa Contas Regionais do Brasil 2005-2009.

Apenas o estado de São Paulo concentrou um terço do PIB brasileiro, com 33,5% de participação na economia nacional. Outras unidades da Federação que lideraram a participação no PIB foram o Rio de Janeiro (10,9%), Minas Gerais (8,9%), o Rio Grande do Sul (6,7%), Paraná (5,9%), a Bahia (4,2%), o Distrito Federal (4,1%) e Santa Catarina (4%).

As cinco maiores economias do país, em 2009, mantiveram a posição de 2008. O estado da Bahia assumiu a sexta colocação no ranking, ocupando a posição que era de Santa Catarina em 2008.

São Paulo foi o estado que mais ganhou participação no PIB de 2008 para 2009 – passou de 33,1% para 33,5%. Já Rio de Janeiro e Minas Gerais foram os estados que mais perderam participação. A parcela do Rio na economia nacional caiu de 11,3% para 10,9%, enquanto a de Minas Gerais diminuiu de 9,3% para 8,9%.

-----

As informações acima demonstram o quanto continua a desigualdade regional. O Governo Federal tem falhado cabalmente no fomento e na integração do desensolvimento no Brasil. Ministros com visao apenas de política eleitoral nao têm cumprido o papel de fomentar o desenvolvimento estratégico que lhes cabe. A Integração Nacional continua letra morta na Constituição Federal.

De outro modo, os Estados mais desenvolvidos e que aparecem aqui na relação do IBGE são tamb[em os que mais transferem parte da riquesa produzida, via impostos redistribuidos pelo Governo Federal, aos Estados menos desenvolvidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário