terça-feira, 18 de setembro de 2012

MENSALÃO E SEUS PARTÍCIPES

Em andamento o julgamento mais importante do século no STF. O chamado "mensalão" expõe as vísceras das práticas políticas brasileiras a partir de uma organização criminosa entranhada no seio de vários Partidos Políticos, mas capitaneada pelos dirigentes nacionais do PT.

Das provas analisadas pelo STF, emerge, sem dúvida, fatos e os detalhes da participação de cada um dos envolvidos, restando a expectativa de uma condenação cabal para todos.

Refletindo sobre os fatos, vem-nos a mente as falhas do sistema jurídico-político as quais necessitam de consertos. Não é crível que aqueles que atentaram contra a normalidade da vida democrática, mesmo tendo renunciados ou tendo sido cassados em seus respectivos mandatos, continuem ativos na vida política, como dirigentes partidários. Ou seja, poderão continuar a produzir os mesmos desatinos de antes.

A decisão do STF bem que poderia alargar o entendimento da lei para deixar claramente definida a impossibilidade da participação política e partidária desses indivíduos. Quiça, declarar a quebra de confiança dos Partidos envolvidos, ponderados os níveis de atuação de seus dirigentes, suspendo-os por determinado tempo ou extirpando-os da vida pública brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário